NET Educação
RSS

Acessibilidade

A+ A-
 
Notícias

Aqui você encontra as principais notícias sobre educação.

27/07/2017 | Fonte: Leonardo Valle

6 dicas para melhorar a relação entre professor e aluno

Qualidade da interação tem impacto direto no processo de ensino e aprendizagem

Uma parte importante do processo de ensino e aprendizagem está apoiada na relação entre o professor e aluno. “Alunos e professores são portadores de valores, de sentimentos e de experiências singulares que são trazidas para a sala de aula. E isso pode fazer a diferença, pois quando ignoramos ou tratamos o outro com insensibilidade, não há didática ou estratégia pedagógica que dê jeito”, opina o professor do Departamento de Educação da Universidade Estadual Paulista (Unesp), Alonso Bezerra De Carvalho. Ele é autor do livro “A Relação Professor e Aluno: Paixão, Ética e Amizade na Sala de Aula” (Editora Appris). Confira, a seguir, seis dicas para estreitar essa conexão.

1. Diálogo sem hierarquia
“O pressuposto da educação é a conversa”, descreve Carvalho. “Como a própria palavra em seu sentido etimológico diz, diálogo é uma conversa (logos) no mínimo entre duas pessoas (dia). É um momento em que um fala e o outro escuta, uma interlocução que não pressupõe hierarquia, mas horizontalidade”, defende. Nessa perspectiva, o educador considera a sala de aula como um local de encontro. “Um lugar para transgredirmos padrões de autoridade tidos como únicos e edificarmos maneiras renovadas de nos relacionar”, destaca.
 
2. A escuta tem que ser verdadeira
Ouvir e entender os anseios e dificuldades do outro são fatores importantes para qualquer relação. Na escola, isso não é diferente. “Ouvir a voz do outro é reconhecer a pluralidade de sentido que constitui a nossa vida social. A qualidade de uma prática docente estaria, então, na capacidade de escutar a dinâmica que forma o ambiente pedagógico”, aponta. Mas como ouvir todos em uma sala com 40 alunos? “Nesse caso, deve-se partir da intenção de criar em um espaço educativo mais dinâmico, buscando-se evitar fazer da sala de aula um depósito, onde a criatividade e a curiosidade sãotolhidas”, orienta.
 
3. Valorize a cultura infanto-juvenil
Funk, cosplay, seriados, games... Adultos muitas vezes tendem a rechaçar elementos da cultura infanto-juvenil. Isso, claro, aumenta a distância entre professor e aluno, contribuindo para que o jovem não se reconheça no espaço escolar. “Esses elementos podem ser utilizados para aproximar o aluno do conhecimento a ser transmitido. Se o professor não conhece os elementos que fazem parte do universo outro, o interesse e a aprendizagem podem ficar dificultados”, defende o educador e diretor do Instituto Singularidades, Miguel Thompson.
 
4. Feedbacks constantes e personalizados
Segundo Thompson, o feedback é um momento de diálogo que pode ajudar a conectar o professor com o aluno. “O aluno pode ser orientado a partir dos caminhos que seguiu até ali e naquilo que pode se desenvolver ainda mais. Para isso, uma boa saída é dar o feedback de acordo com o perfil de cada aluno, identificado ao longo do semestre. Uns podem ser mais reservados, intelectuais, engraçados e etc.”, propõe.
 
5. Evite a cultura do medo
O clima de medo e de represália é outro fator que prejudica a relação entre o profissional e o aluno. Nesse caso, o diretor do Instituto Singularidades atenta para o uso da nota como mecanismo de punição. “Quando se cria um processo de encantamento pelo conhecimento que está sendo transmitido, cria-se também um contexto onde o aspecto punitivo da nota perde a força”, pontua.
 
6. Busque querer bem ao seu aluno
No livro “Pedagogia da Autonomia”, Paulo Freire afirma que ensinar também exige “querer bem ao educando”. O professor Alonso Bezerra De Carvalho concorda. “Ensinar significa justamente isso: apontar caminhos, inventar e reinventar direções e rumos, descobrir e seguir pegadas antes ignoradas e se surpreender com os imprevistos e as coisas inesperadas que surgem. Para isso, é bom que estejamos atentos na busca por aturamos de forma benevolente e aberta em relação ao outro que caminha conosco mesmo diante dos desafios diários”, finaliza.

Deixe seu comentário

(0) Comentários


Participe

Opine sobre este conteúdo

pessoas gostaram disso

As notícias mais curtidas

Faça parte desta rede e envie seu conteúdo para o portal NET Educação!

  • Flávio Rodrigues
  • Jéssica Miranda
  • Mariani Silva
  • Dartagnan Freire
  • Elza Castro
  • Tatiana Campos Leonardo
  • Itamar Raul de Morais
  • Carolina Natel

Plano de Aula

Suas melhores aulas agora como referência.

Enviar

As Caras da Educação

Compartilhe suas histórias com o Portal NET Educação.

Enviar
Participe

Login

Ao se logar, você pode interagir com o NET Educação e colaborar com o envio de conteúdos!

Já sou cadastrado

Esqueci minha senha

Informe seu e-mail para nós lhe enviarmos sua senha.

Sucesso!

Sua senha foi enviada para o seu e-mail.

Voltar para a tela de login

Não sou cadastrado

É rápido e fácil se cadastrar no NET Educação. Com seu login e senha você pode acessar, gratuitamente, todas as áreas do portal.

Fechar